Wiki-Gov:Eventos atuais

De Wiki-Gov

Tabela de conteúdo

Últimos Eventos sobre Governança

Palestra no TRE-DF

Título: Governança de TI no Contexto do Poder Judiciário.

Palestrante: Prof. Dr. J. Souza Neto, CGEIT, CRISC.

Arquivo: Apresentação TRE-DF - GovTI - Souza Neto.pdf


Título: Governança Corporativa e Governança Governamental no Contexto do Poder Judiciário.

Palestrante: Prof. Dr. J. Souza Neto, CGEIT, CRISC.

Arquivo: Apresentação TRE-DF GovCorp - Souza Neto.pdf


Palestra no UniCEUB

Título: Implantação da Governança de TI na CGU.

Palestrante: José Geraldo Loureiro Rodrigues - MSc, Diretor de Sistemas e Informação da CGU.

Arquivo: Palestra_-_UNICEUB_-_Implantação_Governança_CGU.pdf


Primeiro Workshop de Governança de TI da Embrapa

Onde foram apresentadas boas práticas de Governança de TI no Setor Público Brasileiro.


Título: Governança de TI.

Palestrante: Cláudio Silva da Cruz - MSc, CGEIT, Auditor Federal de Controle Externo/TCU

Arquivo: WGov_Palestra_ClaudioCruz.pdf


Título: Implantação da Governança de TI na CGU.

Palestrante: José Geraldo Loureiro Rodrigues - MSc, Diretor de Sistemas e Informação da CGU.

Arquivo: WGov Palestra - CGU.pdf


Título: Melhores Práticas em Governança de TI - Correios.

Palestrante: J. Souza Neto, PhD, CGEIT, CRISC.

Arquivo: WGov Palestra Correios.pdf


Defesa de Dissertação - 2010 - José Geraldo Loureiro Rodrigues

Título: Método de Implantação da Governança de TI no Setor Público Brasileiro à Luz da Teoria Institucional

Arquivo da Apresentação: = Slides da Apresentação

Resumo: A área de TI tem se tornado crucial no suporte, sustentabilidade e crescimento dos negócios, mas o uso pervasivo de tecnologia tem criado uma dependência crítica das organizações com a área de TI, requerendo foco estreito com a Governança de TI (GTI). Apesar das determinações dos órgãos de controle interno e externo da Administração Pública Federal brasileira, raras são as iniciativas estruturadas de implantação da Governança de TI nas organizações do setor público, ficando evidente que as mudanças não acontecem pela simples publicação de uma norma ou por determinação de órgão de controle. Num ambiente onde prevalecem valores culturais e mitos construídos em décadas de história, a legitimação das orientações é fator determinante para o sucesso dos projetos de melhoria de processos. A Teoria Institucional, por meio do isomorfismo coercitivo, mimético e normativo, melhor explica as dificuldades de implantação da GTI no setor público brasileiro, indicando que a necessidade de legitimação das decisões, como salvaguarda perante questionamentos das instâncias de controle, faz com que as mudanças e inovações aconteçam lentamente e à medida que os níveis operacionais das áreas de TI as incorporem em sua cultura e valores institucionais. Assim, o objetivo desta pesquisa é o desenvolvimento de um método de implantação da Governança de TI no setor público brasileiro, de modo sustentável, que considere as características culturais e ambientais, bem como a busca pela legitimidade nas decisões, base do isomorfismo institucional. Além disso, esse método deve considerar os diferentes níveis de maturidade das áreas de TI nas organizações públicas brasileiras e a forte influência dos órgãos de controle na determinação de padrões de comportamento dos mandatários das áreas de TI.

Palavras-Chave: Governança de TI. Governança Corporativa. Setor Público. Teoria Institucional.

Mestrando: José Geraldo Loureiro Rodrigues

Banca Examinadora: Prof. Dr. João Souza Neto (orientador), Prof. Dr. Luís Kalb Roses (examinador interno - UCB) e Profa. Dra. Rejane Maria da Costa Figueiredo (examinadora externa – UnB).

Data: 29/04/2010

Horário: 19h00

Ferramentas pessoais